terça-feira, 8 de novembro de 2016

Em “Supermax”, grupo faz votação e decide matar colega em fogueira

Sérgio (Erom Cordeiro) e Luisão (Bruno Bellermino) imobilizam (Vania de Brito) (Foto: Globo/Estevam Avellar)

Sérgio (Erom Cordeiro) e Luisão (Bruno Bellermino) imobilizam (Vania de Brito)
(Foto: Globo/Estevam Avellar)
Diante da pressão psicológica dos acontecimentos de ‘Supermax’, os participantes conhecem a face mais sombria e hostil de cada um. Com a doença de Cecília (Vânia de Brito) piorando a cada dia e a ex-socialite ficando cada vez mais fora de controle, o grupo faz uma votação e opta por sacrificá-la em nome da sobrevivência no episódio que vai ao ar nesta terça-feira, dia 08. Mas a decisão deixa marcas em quem ficou.
“Olhem pra nós. Em poucos dias de penúria, no que a gente se transformou? Homicidas?”, indaga o ex-padre Nando. Decisão tomada, eles partem para a caçada e executam a vítima de forma coletiva. Literalmente. Todos são obrigados a sujar as mãos.
“Foram cenas muito fortes. Foi tudo muito intenso. Teve ator que seguiu chorando mesmo no fim da cena. Fiquei 15 dias ainda muito envolvida com a Cecília mesmo depois do fim das gravações. Sensações de raiva, loucura, desespero, terror… Precisei de muito tempo de concentração”, lembra a atriz Vânia de Brito.
Fonte: globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário