sábado, 29 de outubro de 2016

Cena de violência em “Sol Nascente” demostra liberdade da Globo com o fim da restrição de horário!

mario_cesar_surra
Mocinho e vilão tiveram embate violento.
Por Airton Guites.
Ontem, a novela das 18h “Sol Nascente” exibiu uma cena forte para o padrão do horário. A briga entre Mário (Bruno Gagliasso) e César (Rafael Cardoso) foi violenta, digno de novela das 21h, algo não visto no horário das 18h há muitos anos.
Isso é um bom sinal. Em termos dramatúrgicos, a sequência foi essencial para mostrar o clímax de um conflito entre o mocinho e o vilão. Por outro lado, a cena também promove mudanças na TV brasileira após o fim da restrição de horário da classificação indicativa, que permite as emissoras uma liberdade total pelos conteúdos vinculados em quaisquer horário.
Cenas de violência como a exibida em “Sol Nascente” ontem, não passaria na época em que a restrição vigorava. Talvez até passasse, mas era raro de acontecer. Aos poucos, a TV Globo está se permitindo a liberdade de expressão. Mesmo de forma lenta e tímida, os resultados tendem a ser muito positivos pela arte, em breve.
Para encerrar, não podemos deixar de mencionar o excelente trabalho da equipe na cena. Bruno e Rafael já provaram que são ótimos atores, mas reforçaram essa qualidade na sequência de ontem. E mais uma vez, o diretor Leonardo Nogueira, tão criticado por seu desempenho em “Malhação – Seu Lugar no Mundo” (2015), agora demonstra grande evolução profissional e, com seu trabalho milimétrico em “Sol Nascente”, se torna uma promessa para o futuro na TV.

Nenhum comentário:

Postar um comentário