quarta-feira, 26 de outubro de 2016

“A Padroeira” será reprisada na TV Aparecida

Duelo de Novelas – Força de um Desejo X A Padroeira
A Globo concedeu os direitos de exibição da  novela “A Padroeira” para a TV Aparecida, emissora em UHF e uma das principais da TV aberta do Brasil.
Numa negociação dada como rara, o folhetim de Walcyr Carrasco será veiculado no canal religioso. Produzida e exibida originalmente entre 2001 e 2002, na Globo, “A Padroeira” substituiu “Estrela Guia”, de Ana Maria Moretzsohn.
A TV aparecida, então, vai exibir os 215 capítulos a partir de 2017. O padre William Betonio, diretor de programação do canal UHF, comemorou: “A novela é a maneira preferida do brasileiro para assistir às histórias e um presente para os devotos que estarão em festa no próximo ano”, afirma.
A história da novela se passa no século XVIII, e narra a história de um amor improvável e impossível entre Deborah Secco e Luigi Baricelli, que deram vida aos protagonistas principais.
Com informações do colunista Ricardo Feltrin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário