sábado, 16 de julho de 2016

Cena de estupro em “Anjo Mau” é cortada em re-reprise, mas campanha social se mantém atual e chocante!

vivian_ricardo_anjo_mau
Uma das cenas mais marcantes de “Anjo Mau” (1997) é o estupro de Vivian (Taís Araújo) cometido por Ricardo (Leonardo Brício). A cena escrita por Maria Adelaide Amaral impactou o horário das 18h, com uma direção primordiosa de Denise Saraceni e uma interpretação de tirar o fôlego e emocionar dos dois atores envolvidos.
Porém, a cena foi completamente cortada na re-reprise do “Vale a Pena Ver de Novo”. No capítulo de ontem, a cena do estupro foi vetada devido a classificação indicativa do Ministério da Justiça, que censura cenas consideradas inadequadas ao público do horário. Na cena, Ricardo está bêbado em uma sala da empresa da família e Vivan vai conversar com ele. Porém, o rapaz se aproveita da situação e joga a jovem em cima da mesa, rasgando sua roupa, desferindo tapas em seu rosto e a humilhando verbalmente, enquanto comete o abuso sexual.
Apesar do veto, o debate gerado pelo texto de “Anjo Mau” foi mantido, é atual e gerou reflexão a quem acompanha a produção nas tardes da Globo. A campanha social realizada por Maria Adelaide Amaral sobre o estupro no Brasil do fim dos anos 90 ainda se mantém atual, visto que os movimentos sociais de proteção a mulher são muito fortes atualmente. Infelizmente, o que se mantém nos dias atuais como na época de “Anjo Mau”, é a impunidade da lei e a visão machista sobre o estupro.
A partir de agora, a re-reprise vai explorar o drama de Vivian e o conflito de caráter de Ricardo. O corte da cena prejudicou o entendimento da situação, mas ao menos o debate sobre o tema foi mantido e deve impactar na quarta exibição na TV brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário