sexta-feira, 12 de junho de 2015

Protagonista de ‘Verdades secretas’, Camila Queiroz é filha de um marceneiro com uma manicure e deixou Nova York para ser atriz


Experimente perguntar a uma menina bonita e esguia, no fim de sua infância, o que ela vai querer ser quando crescer. A resposta, provavelmente, será: “Modelo!”. Talvez, ela ainda emende com um “E atriz!”. Foi assim com Camila Queiroz, beldade de atuais 21 anos, 1,78m de altura e 55kg, que deixou Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, aos 14 para tentar transformar o sonho de garota em realidade. A bela passou por 15 países até fincar raízes nos Estados Unidos, de onde foi pinçada pela produção de “Verdades secretas” para se tornar, simplesmente, a protagonista da nova novela das 23h da Globo, que estreia nessa segunda-feira, dia 8.
— Morava há quase três anos em Nova York. Minha vontade era juntar dinheiro, voltar ao Brasil e fazer um curso de atriz, para tentar emplacar meu segundo sonho. Acabou que o convite veio antes. Recebi um e-mail avisando do teste e vim correndo. Eu tinha um cadastro na Globo desde os 16 anos. Deu certo! — comemora Camila, assumidamente noveleira, que passou por um curso intensivo de interpretação, ao lado de outros jovens escalados para a trama, antes de começarem as gravações.
Na TV, a modelo e, agora, atriz dará vida a uma personagem de trajetória bem parecida com a sua. Arlete também é uma moça do interior que parte para a cidade grande seduzida pelo glamour do mundo da moda e acaba se tornando um sucesso.
— O amor sem medidas que temos pelas nossas famílias é outra semelhança — destaca Camila, filha de um marceneiro e uma manicure e irmã do meio entre três meninas: — As outras duas não querem nada com a moda, apesar de serem lindas e altas também. São muito tímidas... A mais velha trabalha com marketing e a mais nova, com educação física.
Carolina e Rogério se separam quando ela descobre uma segunda família dele
Carolina e Rogério se separam quando ela descobre uma segunda família dele Foto: Paulo Belote / Rede Globo/ Divulgação
O antes e o depois da história de Arlete são o que a distanciam, e muito, de sua intérprete. A garota da ficção vai morar em São Paulo com a mãe, Carolina (Drica Moraes), depois que seus pais se separam ao vir à tona a traição e uma segunda família mantida por Rogério (Tarcísio Filho), há anos. Quem recebe filha e neta é a aposentada Hilda (Ana Lúcia Torre), que passa por sérios problemas financeiros. Ex-professora, a senhora consegue uma bolsa para que Arlete estude num excelente colégio, mas lhe falta, por exemplo, o dinheiro para pagar a conta do condomínio.
É justamente por causa das dificuldades em que se encontram que Carolina, uma mãe conservadora, aceita que sua filha modele, e não só se dedique aos estudos, como seria de sua vontade. Descoberta pelo olheiro Visky (Rainer Cadete), que nela reconhece uma futura estrela das passarelas, Arlete é contratada pela agência de modelos de Fanny (Marieta Severo) e passa a ser chamada artisticamente de Angel. É aí que a vida da mocinha passa por uma reviravolta: ela é convidada pela chefe a participar do esquema denominado book rosa, um catálogo de lindas mulheres que aceitam fazer sexo em troca de dinheiro.
— Arlete abdica de seu corpo para poder ajudar a família. Ela sofre muito, não é feliz fazendo programa, mas é capaz de tudo pela mãe e pela avó. Não consigo apontar um defeito na personagem, por mais que eu tente. Estou muito apaixonada por ela! — brinca Camila.
Pia ainda arranca dinheiro do ex-marido, com quem teve dois filhos: Bruno e Giovanna
Pia ainda arranca dinheiro do ex-marido, com quem teve dois filhos: Bruno e Giovanna Foto: Rede Globo/Divulgação
Alexandre Ticiano (Rodrigo Lombardi) concordaria com Camila. Na trama, o empresário rico e poderoso da indústria têxtil enlouquece de desejo assim que bate os olhos em Arlete, e ter Angel passa a ser sua obsessão.
— A paixão dele ultrapassa a questão da beleza. O que mais chama a atenção nela é a juventude. Alex procura garotas mais jovens porque elas têm o que lhe falta, um homem de mais ou menos 45 anos, extremamente solitário — define Lombardi.
Acostumado a pagar por sexo e tudo que lhe dê prazer, Alex é cliente fiel do book rosa de Fanny, embora tenha uma namorada, a ex-modelo Samia (Alessandra Ambrósio). Outra que não larga de seu pé, por dinheiro, é sua ex, a perua Pia Lovatelli (Guilhermina Guinle), com quem tem dois filhos: a geniosa Giovanna (Ágatha Moreira) e o estudioso Bruno (João Vitor Silva).
— Se uma mulher já é difícil de administrar, imagine muitas... — brinca o ator, emendando: — Mas tudo acontece de forma equilibrada na trama. Não é aquela coisa de “vamos fazer um mulherengo e tacar mulher em cima dele”. Cada uma tem uma ligação diferente e específica com esse personagem, e o Walcyr (Carrasco, autor) sabe emaranhar isso muito bem.
Fanny: ex-modelo bem-sucedida e dona da agência do book rosa, é amoral e faz tudo por dinheiro
Fanny: ex-modelo bem-sucedida e dona da agência do book rosa, é amoral e faz tudo por dinheiro Foto: Zé Paulo Cardeal / Rede Globo/Divulgação
O rol de conquistas de Alex se estende, pasmem, à mãe de Arlete. Ao perceber que a moça está tentando se livrar de suas garras, ele dá um golpe certeiro: seduz Carolina e se casa com ela, a fim de permanecer perto de sua Angel.
— Se ele vai sentir alguma coisa de verdade por Carolina? Essa é uma verdade secreta — despista Lombardi, aos risos: — A gente não quer dar a moral da história para ninguém. A vida é assim, cada um tira sua própria conclusão.
Se mãe e filha vão disputar o mesmo homem, também ainda é um mistério. Camila garante que, inicialmente, isso não vai acontecer:
— Carolina nem sonha com o envolvimento da filha com o novo marido. E Angel quer ver a mãe feliz.
Jornalista de moda por mais de 20 anos, Walcyr Carrasco quer desnudar, durante os 64 capítulos de “Verdades secretas”, o sempre sedutor e glamoroso universo fashion, trazendo à tona suas facetas mais obscuras.
— Eu tinha pistas desse submundo, mas resolvi primeiro fazer uma reportagem para mim mesmo. Entrevistei bookers, diretores de agência e as prostitutas de luxo. A maioria confirmou a existência do book rosa, mas negou que fizesse parte do esquema — conta Walcyr, que chegou a uma conclusão: — A prostituição é pelo consumismo. Conheci uma mulher que, quase tudo o que ela ganhava com os programas, gastava em cabeleireiro, cremes e roupas.
Larissa é uma modelo veterana que se envolve com drogas pesadas
Larissa é uma modelo veterana que se envolve com drogas pesadas Foto: Reinaldo Marques / Rede Globo/Divulgação
Além do comércio do sexo, a novela aborda o uso de drogas. Larissa, personagem de Grazi Massafera, é uma modelo que busca no crack o refúgio para sua relação problemática com a mãe.
— Temos a responsabilidade de mostrar que existe uma tragédia, mas que a busca das pessoas não é por autodestruição, e sim por diversão — afirma o diretor Mauro Mendonça Filho, que promete retratar uma São Paulo nada cinzenta: — Esse clichê já era. Nossa São Paulo tem um colorido dark.
Diante da promessa de polêmica no ar, o autor não se intimida. Ao contrário, convoca os mais tradicionalistas a assistirem “Verdades secretas” até o fim.
— Não acho que haja uma onda de conservadorismo atualmente. O que há são conservadores que gritam mais forte. Vou pedir para que acompanhem a novela, acredito que vão ficar extremamente satisfeitos. Vou dar dicas para o pai conhecer o filho, para a família entender a droga. Às vezes, para se chegar à luz, é preciso mostrar a escuridão.

fonte: extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário