sexta-feira, 12 de junho de 2015

Proibido durante 11 anos, Tom Cavalcante volta à Globo dia 21



Depois de 11 anos proibido de aparecer na Globo, Tom Cavalcante ressurgirá na emissora no próximo dia 21. Com uma apresentação no Domingão do Faustão, o humorista finalmente conseguirá quebrar um dos maiores vetos da história da televisão brasileira. Cavalcante virou persona non grata na emissora em 2004, quando rompeu contrato e migrou para a Record. Ele deixou a rede de Edir Macedo há quatro anos, mas mesmo assim continuou banido na Globo.
Tom reaparecerá na Globo no domingo seguinte à sua estreia no Multishow, canal pago da Globo, à frente da sitcom #PartiuShopping. No palco de Fausto Silva, ele contará piadas, interpretará astros da música popular brasileira e reviverá o personagem João Canabrava. Deverá repetir a dose mais umas cinco ou seis vezes até o final do ano.
Aparecer no Domingão do Faustão é fundamental para o sucesso de qualquer artista, porque isso alavanca o público de seus shows em teatros. Antes de ir para a Record, Tom Cavalcante era frequentador assíduo do programa.
Desde 2011, quando deixou a Record, foram várias as tentativas de Fausto Silva e até do cantor Roberto Carlos de reabrir as portas da Globo para Tom Cavalcante. A cúpula da emissora, no entanto, foi irredutível: não perdoou o fato de o intérprete do porteiro Ribamar e de Pitbicha tê-la trocado, 11 anos antes, pela Record, na época vista pela Globo como uma ameaça séria.
Cavalcante pagou por uma regra que a Globo insiste em preservar, embora já não seja tão inflexível quanto antes: quem quebra contrato não volta mais para a emissora.
No seu novo programa no Multishow, o humorista será Gildo, chefe da segurança do Astro Shopping. Ele não sabe que Astrolábio, o dono do centro de compras, lhe deixou o local de herança antes de morrer. Em cada um dos 30 episódios, a viúva do milionário, Berengária (Nany People), e seu filho, Felinto (Alex Grulli), vão tentar fazer com que Gildo assine uma procuração passando a herança para eles.  
#PartiuShopping é a estreia de Cavalcante na TV paga. Ele foi contratado para ter dois programas no Multishow. No final de junho, o comediante vai se reunir com executivos do canal para discutir seu segundo projeto. Ele afirma que o formato e o período de exibição ainda não foram definidos. "Eu trabalho para a maior parte da população do Brasil, que é o povo. O Multishow, além de me contratar, apostou também na minha visão de humor, neste meu conceito. No humor que lota o teatro, e é isso que pretendo fazer", comenta Tom Cavalcante. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário