sexta-feira, 12 de junho de 2015

Ator faz depilação íntima e usa salto alto por gay de Verdades Secretas



Rainer Cadete chegou causando em Verdades Secretas, nova novela das onze da Globo. Autodefinido como uma "bicha bafônica", Visky é glamouroso, divertido, bom coração e, ao mesmo tempo, venenoso. O booker vem chamando a atenção com suas caras e bocas e já virou meme nas redes sociais. Para fazer o papel, Cadete passou por uma transformação interna e externa. Aprendeu a andar de salto alto e falar extrovertidamente e com ar feminino. "Ele é um showman que homenageia as mulheres com a própria forma de ser", diz.
Fazer depilação, incluindo nas partes íntimas, e colocar apliques de cabelos também fizeram parte desse processo um tanto doloroso para Cadete. "Tirar a sobrancelha é o pior. A cada fio tirado, sinto uma dor imensa e cai uma lágrima", revela. Visky é o braço direito de Fanny (Marieta Severo), a vilã da trama que é dona de uma agência de modelos, e é o grande responsável por tornar Arlete, a mocinha errática de Camila Queiroz, em modelo.
Ele afirma que não mediu esforços para encarnar essa criatura e até comprou três pares de sapatos de salto alto para andar em casa e treinar. Mas a transformação externa veio depois de um laboratório que mudaria até seu jeito de ser. "Visky me coloca mais solto até na minha vida pessoal. Conto piadas que antes não teria coragem de soltar. Era muito tímido e precisei afastar minha timidez para dar veracidade ao personagem", comenta Cadete.
Desmunhecada
O ator estava interpretando um michê na peça Quem Ri Por Último Ri Melhor quando foi convidado para a fazer Visky. O autor Walcyr Carrasco viu o espetáculo e enxergou o booker naquele momento. "Tinha uns trechos da montagem em que eu tinha de dar pinta [de ser gay], desmunhecava um pouco", lembra o ator. 
Isso aconteceu em setembro do ano passado. Rainer Cadete projetou a  partir daí a importância de fazer esse trabalho bem feito para conquistar o público. Ele havia vivido o careta advogado Rafael em Amor à Vida (2013), também de autoria de Walcyr Carrasco, e ainda sentia a imagem do bom-moço, que se apaixonou pela autista Linda (Bruna Linzemeyer), no ar.  
Rainer Cadete como Rafael, de Amor à Vida, e na pele do booker Visky, da novela das onze
Sua preparação teve início na Espanha, onde fez curso com o coach Juan Carlos Corazza, preparador de elenco que descobriu Javier Bardem. Foram quase três meses de aulas, mais uma pesquisa intensa em bares e boates de Madri atrás dos Viskys da vida real.
De volta ao Brasil, aí, sim, o ator começou a preparar o visual do seu personagem. Como o agente ensina modelos a desfilarem e a andar de salto em algumas cenas, ele precisava aprender a andar com naturalidade com sandálias de salto fino e alto. "Travei depois do primeiro dia usando salto. Não conseguia nem dobrar o joelho", lembra.
Cadete descobriu um tipo de dança que o ajudaria em dois sentidos: andar de salto alto e a aflorar a feminilidade. Assim, ele se matriculou em aulas de stiletto, ritmo que é praticado com salto alto. Na última fase de composição, ele passou a pintar as unhas e colocou apliques no cabelo. Visky usa uma vasta cabeleira presa em um coque no alto da cabeça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário