quinta-feira, 21 de maio de 2015

'I love Paraisópolis': Tomás é pai de Mari; ele vai ser chantageado para o seu passado não ser revelado

Tomás é o pai de Mari em "I love Paraisópolis"

Uma bomba sobre a vida de Mari (Bruna Marquezine) vai ser relevada nos próximos capítulos de "I love Paraisópolis": Tomás (Dalton Vigh) é pai da jovem. Mas nem ela, nem ele sabem da existência um do outro. A revelação acontece quando Eva (Soraya Ravenle) passa mal e é levada para um hospital. Lá, ela é atendida por Tomás e os dois ficam em choque com o encontro. Eva fica irritada e diz que não pode deixar o médico tocá-la porque ele foi responsável pela morte da amiga. "Eu não tenho nada pra falar com você! Por sua causa eu perdi a minha melhor amiga! A Deise morreu por sua culpa!", diz ela. Tomás fala que não matou ninguém e que só seguiu adiante com a sua vida. "Seguiu adiante com a sua vida...E deixou tudo pra trás! Uma mulher grávida, com a tua filha na barriga! Sem um tostão pra comprar um remédio, sem uma moeda pro enxoval, pra um agasalho pra criança! Uma criança, Tomás! Você largou uma criança ao deus-dará! Fez o que de pior um homem pode fazer! Abandonar uma mulher prestes a dar à luz! Que espécie de homem é você?!", fala ela, com desprezo.
Tomás reage, culpado, e diz que era muito jovem. Eva fala que caráter não tem idade e acaba dando a entender que a bebê nasceu bem. Tomás leva um susto: "A minha filha?... Tá viva?...". Eva cai em si, muda de assunto rapidamente repetindo que Deise morreu por causa dele. "Se não matou, deixou morrer! Se omitiu! O que é ainda pior! Fez isso pra ficar com a consciência limpa, pra começar vida nova no Morumbi, estudando na faculdade que nem grã-fino!", continua ela. "Quando eu fiquei sabendo que a Deise tava doente, já era tarde demais...", fala o médico, torturado. "Você nunca quis receber a tua mulher, nem quando ela foi atrás de você com um bebê na barriga, a tua filha! Quantas vezes você mandou dizer que não tava?!... Quantas vezes se recusou a ver a coitada!? Até quando ela tava no hospital!", continua Eva.
Tomás lembra que tinha começado uma vida nova e estava estudando. "Eva, você sabe quanto eu sonhei com a faculdade de medicina... Quanto eu quis sair da favela, tentar uma vida melhor...", diz ele. "Uma vida melhor só pra você, né?! Os outros que se danassem! Pra gente como você é assim... O resto do mundo que se dane! Inclusive a criança que você pôs no mundo!", fala ela, deixando Tomás cismado de novo. Ela não responde e Tomás vai atrás de Jurandir (Alexandre Borges), que bota ele para correr. "E o bebê que a Deise teve?", pergunta o médico. "Ela tá ótima, graças a Deus, cheia de saúde", responde Jurandir, percebendo depois que falou demais.
O médico, no entanto, vai ficar perto de descobrir a verdade quando Natasha (Carolina Oliveira) ouvir Eva contando para Paulucha (Fabíula Nascimento) que Tomás é o pai de Mari. A garota decide procurar o médico para fazer chantagem com a informação que sabe. "O senhor tem uma filha lá em Paraisópolis. E eu sei muito bem que a mãe dela morreu quando ela nasceu! Imagino a cara da sua esposa quando souber disso. Da dona Clarice (Ângela Vieira), da Bruna (Giullia Buscacio), do Joaquim (Gustavo Piaskoski). Nossa, eles devem adorar o pai. A Bruna eu tenho certeza que sim! Ela me conta tudo! Mas o caçula... O que é que ele vai pensar quando souber que tem uma irmã? Quer dizer, outra irmã?", ameaça. Pressionado, Tomás dá dinheiro para Natasha, que diz que isso ainda é pouco para ela ficar calada e que ela vai voltar para pegar mais grana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário