quinta-feira, 7 de maio de 2015

'Babilônia': Guto vira office boy da Souza Rangel

Evandro manda Guto carregar uma bandeja com o cafezinho e água em "Babilônia"
Evandro manda Guto carregar uma bandeja com o cafezinho e água em "Babilônia" Foto: Alex Carvalho/Rede Globo/Divulgação
Por essa Guto (Bruno Gissoni) não esperava! O malandro de "Babilônia" vai ser contratado como boy da Souza Rangel. Evandro (Cassio Gabus Mendes) manda chamar o filho até a empresa, mas não comenta o que vai fazer até ele chegar lá. Assim que ele entra na sua sala, Evandro pede que ele tire a camisa porque tem um presente para o filho. "É camisa social? Sem gravata, né? Você sabe que eu odeio...", diz Guto, que é cortado pelo pai entregando a ele uma camisa dobrada e mandando o rapaz vestir. Guto obedece, distraído. Até que percebe o que é. "Peraí, isso é uniforme", diz ele, irritado. "De office boy. Você não precisa fazer teste, tá contratado", fala Evandro.
Guto, ofendido, tira o uniforme dizendo que é uma piadinha de mau gosto. Autoritário, Evandro grita dizendo para ele não tirar. "Eu não vou usar essa porcaria!", responde Guto. "Todos os seus colegas usam!", afirma o presidente da Souza Rangel. O jovem se enfurece e diz que não tem colega office boy. "A partir de hoje, tem! Eu vou botar você na linha, Carlos Augusto", diz Evandro. "Eu faço o que eu quero, sacou?", fala Guto.
Evandro avisa para ele nem pensar em ser grosso com os outros empregados, posar de filhinho do dono, e, pior, fugir da sua obrigação. "Chegou o dia em que você vai me obedecer, vai começar a trabalhar na construtora, e vai começar de baixo!", diz. Guto fala que é humilhante demais e Evandro nega. "Não é, não. É um trabalho digno. Você se acha cheio de direitos, mas não tem direito a nada, tem é deveres. Vai chegar no horário, sem frescura, sem folga, vai obedecer ao seu chefe e fazer um serviço perfeito!", responde Evandro.
O presidente da Souza Rangel manda o filho passar no RH, depois na contabilidade para levar para ele umas planilhas que já pediu e Guto resmunga: "Palhaçada! Você vai ver o funcionário que eu sou. Me aguarde!". Quando Guto lhe entrega o que pediu, Evandro tenta melhorar o clima com o filho. "Você vai ver, trabalhando a sério você também vai mudar", diz. Guto, no entanto, não dá o braço a torcer e diz que está ótimo porque já tem tudo. "Você acha que tem. Mas meu dever como pai é mostrar que você tá enganado. Nascer em berço de ouro é privilégio sim, mas não dá direito eterno a ser irresponsável. Pelo contrário. O que vem de mão beijada tem menos valor do que aquilo que se consegue pelo próprio esforço. Agora não tem mais a Beatriz (Gloria Pires) pra servir de intermediário entre nós. Então você vai aprender do meu jeito. A empresa é o seu futuro, Guto. E você é o meu filho. Eu faço isso por amor", diz.
Logo depois, Guto, de uniforme, caminha com bandeja cheia de copos d’água e xícaras de café quando Evandro passa. "Vê lá! Não vai me derramar café nos acionistas!", fala Evandro. Guto segura a raiva, e Evandro sai, apressado. "Vai ter volta, pode esperar!", diz o garoto, irritado com o pai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário