quarta-feira, 6 de março de 2013

Chorão, do Charlie Brown Jr., morre aos 42 anos


Chorao-morre-aos-42-anos

Alexandre Magno Abrão, poucos conheciam assim o cantor de pop rock Chorão, do Charlie Brown Jr., banda que marcou a geração dos anos 90 com hits como “Te Levar”, “Lugar ao Sol”, “Só por uma noite” e “Zóio de Lula”. Chorão foi encontrado morto em seu apartamento em Pinheiros, São Paulo, na madrugada desta quarta-feira (06/05), por volta das 5h.
Policiais Militares da 1ª Companhia do 23º Batalhão e equipes do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados pelo motorista do cantor. O óbito foi constatado no local, mas ainda não houve pronunciamento sobre a causa da morte de Chorão, que tinha 42 anos de idade. Autoridades informaram que não há sinais de agressão.
Ironicamente, Chorão trabalhava em uma música nova chamada “Meu Novo Mundo”

Natural de Santos, o cantor teve uma vida difícil na infância: na 7ª série do ensino fundamental, largou a escola para trabalhar entregando comida feita por sua mãe para poderem sustentar a família. O apelido “Chorão” foi dado pelos amigos quando o artista tentava aprendar a andar de skate.
Polêmico, o cantor se envolveu em brigas com Marcelo Camelo, do Los Hermanos, e com todos os membros originais de sua banda, Renato Pelado, Marão, Champignon e Thiago Castanho.
O Charlie Brown Jr. lançou 11 álbuns em 15 anos de carreira, entre eles um acústico MTV, que vendeu 250 mil cópias no país e foi premiado com disco de platina. O CD conta com participações especiais de Marcelo D2 (ex-Planet Hemp) e  Marcelo Nova (Camisa de Vênus). Em 2004, o disco “Tâmo aí na Atividade” ganhou o Grammy Latino.
Na internet, uma legião de fãs lamenta a morte do cantor dizendo coisas como “Chorão foi o poeta de uma geração. E disso os loucos sabem”, como Chorão costumava dizer. Com informações do G1 e R7.

Nenhum comentário:

Postar um comentário