quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Excesso de personagens em Salve Jorge irrita autores da Globo


As escalações para futuras novelas da Globo estão cada vez mais acirradas. Tudo porque o costume de reservar atores com muita antecedência acaba prejudicando outras produções, que sofrem com a falta de nomes para o elenco.
Por isso, a direção da emissora tem orientado autores e diretores a diminuírem o elenco das novelas. Mas Gloria Perez, como sempre, fugiu à regra.
Salve Jorge, que estreia dia 22 no lugar de Avenida Brasil, tem cerca de 90 personagens, quando o normal para uma trama do horário nobre é de 40 a 50. Segundo a Quem, isso tem irritado outros autores, que ficam com dificuldade para montar o elenco das próximas novelas.
Assim, as novelas que estão em fase de pré-produção acabam ficando desfalcadas. Também há muita repetição de atores, como é o caso, por exemplo, de André Gonçalves eGiovanna Antonelli, que até outro dia estavam no ar em Amor Eterno Amor e Aquele Beijo, agora já voltam à telinha em Salve Jorge.
Acho que deveria existir um cuidado maior da Globo com o excesso de personagens nas tramas. Gloria Perez e Manoel Carlos, que costumam investir em muitos personagens, acabam deixando bons atores em papéis secundários, quando estes poderiam ser melhor aproveitados em outras novelas. Afinal, é praticamente impossível dar destaque a todos os personagens, sempre há aqueles que acabam "esquecidos".
Por isso, sou a favor de elencos mais "enxutos", como é o caso de Lado a Lado e do recente sucesso Cheias de Charme. Todos têm chance de brilhar um pouquinho e cada núcleo pode ser explorado com calma, sem prejudicar as histórias principais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário