sábado, 11 de agosto de 2012

Tufão pede a separação, Carminha tem um ataque e quebra tudo

Tufão pede a separação, Carminha tem um ataque e quebra tudo - Divulgação/TV Globo
Depois que Carminha (Adriana Esteves) sai de casa dizendo que quer passar uns tempos na Chácara, Tufão (Murilo Benício) finalmente toma uma atitude e decide pedir a separação. Na verdade o ex-jogador sonha contar para Nina (Debora Falabella) sobre seu amor.
Ele conversa com Carminha, mas ela não aceita a decisão do marido:
“Não fala isso, pelo amor de Deus! (Chora a malvada, desesperada) Eu vou morrer sem você, Tufão… Nossa família é tudo pra mim, nosso casamento é a minha vida! “.
Tufão alega que foi ela quem quis sair de casa: “Você mesma disse que essa saída te fez bem! Que tava se sentindo melhor aqui… Quem sabe a separação de fato não é o que falta pra você ficar bem de todo?”.
mas a megera é irredutível, faz cara de vítima e ameaça: “Ficar bem, sozinha? Eu me mato!”.
O ex-jogador promete estar sempre ao lada dela e jamais desempará-la e ainda promete uma boa pensão: “Não é isso que eu quero! Eu sou a sua mulher e quero continuar sendo. Eu quero o meu marido, que eu amo mais que tudo no mundo, mais que a minha vida!”.
A discussão é longa e Tufão tenta convencer a mulher de que o melhor caminho é a separação: “ Carminha, faz tempo que a nossa relação tá desgastada, você sabe disso. Nós nunca fomos “almas gêmeas”, explica.
Carminha desconfia de que existe uma outra mulher na história: “Tem outra na jogada, não tem? Sempre tem! Quem é a messalina? A destruidora de lares? A ninfetinha?”, pergunta ela desesperada.
Tufão nega qualquer envolvimento com outra, mas a mulher não aceita de maneira alguma a idéia de separação e grita exaltada: “Você tá jogando doze anos da sua vida, da nossa vida, no lixo! Eu não aceito! Eu não aceito… Eu vou enlouquecer de verdade, isso sim! Abandonada por você”.
Tufão explica que quer dar uma chance para a sua felicidade, e experimentar a vida de solteiro. Ele até sugere que ela refaça a sua vida e busque um novo amor. Irritadíssima Carminha grita chorando e ódio: “Vai de uma vez! Vai!!! Corno maldito! Que audácia a sua! Que audácia! Mas tu me paga, galhudo! Ah, se paga! “.
Mais uma vez a megera tem um ataque de furia e quebra tudo na casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário