quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Lado a Lado: um furacão chamado Constância, a vilã interpretada por Patrícia Pillar


A modernidade está chegando ao Rio de Janeiro do início do século XX, que passa por muitas transformações para seguir os moldes franceses. Entretanto o que significa progresso para uns, é também derrota para outros. Como para Constância (Patrícia Pillar), que não aceita esse novo tempo que paira na cidade.
Acostumada ao título de Baronesa que a monarquia lhe proporciona, a mãe de Laura(Marjorie Estiano) e Albertinho (Rafael Cardoso) sofre com a chegada da República e com o que isso representa para sua família, que amarga uma decadência financeira e falta de prestígio.
Casada com Assunção (Werner Schünemann), Constância é uma esposa dedicada e amorosa, que só pensa no bem do marido e dos filhos.
No entanto, para ela, as atitudes de Laura não condizem com as de uma moça prestes a se casar com um rapaz rico, filho de Senador. E a ex-Baronesa será capaz de tudo para defender os interesses de quem ama, mesmo que seja preciso passar por cima de algumas pessoas.
Com estreia prevista para setembro, Lado a Lado é a próxima novela das seis, que entra no lugar de Amor Eterno Amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário