segunda-feira, 28 de maio de 2012

Patrícia Abravanel diz que toda família palpitou na escolha da professora Helena em “Carrossel”


Antes de ser professora Helena, Rosanne foi apresentadora de "A Liga"
Antes de ser professora Helena, Rosanne foi apresentadora de “A Liga”
A apresentadora e filha do dono do SBT, Silvio Santos, Patrícia Abravanel disse que a família inteira ajudou na escolha da atriz para o papel de professora Helena no remake de “Carrossel”. “Na minha família, todo mundo dá palpite. Na professorinha foi o que dêmos mais. Queríamos achar a atriz certa e acho que a gente acertou”, comemorou ela, na festa de estreia da trama.
Rosanne Mulholland foi a escolhida para interpretar a professora na novela. Segundo ela, o teste aconteceu em 2011 e, depois de dois dias, recebeu uma ligação em que descobriu que foi aprovada para o papel. “Eu recebi uma ligação da produtora de elenco para fazer um teste e eu vim. Eu gravei o teste com o Cirilo, o Jean, que é a coisa mais gostosa e linda do mundo, e foi incrível. Foi muito legal fazer o teste com ele. E me chamaram dois dias depois, eu tomei um susto.”
Desde quando o SBT divulgou que faria o remake da novela, havia especulações de que a nova professora seria Lívia Andrade. Mas em setembro do ano passado foi divulgado o nome de Rosanne, para a surpresa da apresentadora.
De acordo com Rosanne, é normal acontecer esse tipo de desconforto quando se é atriz devido a quantidade de papéis e testes que são realizados. “Às vezes se encaixa mais em um personagem e às vezes em outro. É da nossa profissão, não acho que tem de existir problemas com isso. A Lívia me recebeu muito bem. Ela é uma figura divertida”, conta ela aos risos lembrando as “peripécias” que as duas fazem nos camarins da emissora.
Antes de “Carrossel”, Rosanne já foi apresentadora de “A Liga”, da Band, e diz que desde quando entrou no programa sabia que o que queria para sua vida era ser atriz. “Foi uma experiência muito bacana, mas quando acabou eu falei: ‘Gente, adorei, mas eu sou atriz’. Aí, eu voltei a fazer cinema, teatro, o que eu sempre quis, e agora surgiu Carrossel. Uma experiência completamente diferente e nova por trabalhar com um monte de criança.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário