quarta-feira, 9 de maio de 2012

‘Carrossel’: intérprete de M. Joaquina diz que se sentiu mal em cena


Os atores Jean Paulo Santos e Larissa Manoela vivem Cirilo e Maria Joaquina. Foto: SBT/Divulgação
Os atores Jean Paulo Santos e Larissa Manoela vivem Cirilo e Maria Joaquina
Se depender da atriz Larissa Manoela, o público vai “odiá-la”. A menina foi a escolhida para dar vida à vilãzinha Maria Joaquina, no remake da novela mexicana Carrossel, que o SBT lançou oficialmente nesta segunda-feira (7), na sede da emissora.
Oposto da personagem, que é preconceituosa e racista, Larissa é meiga, simpatia e querida pelos colegas de elenco. Fiel à Maria Joaquina da primeira versão, a atriz, que se entregou ao papel, disse que se sentiu muito mal nas cenas em que humilha Cirilo, personagem de Jean Paulo Santos.
“Ela é esnobe, racista. Uma cena em que fiquei muito mal foi a do aniversário da Maria Joaquina. O Cirilo foi sem ser convidado e levou um buquê de flores. Ela pegou e amassou as rosas, expulsando-o da festa. Quando acabou de gravar, eu chorei e pedi desculpas para ele”, lembra a atriz. “É só uma novela e eu sei que não sou assim. Mas é um papel muito gratificante e especial, que vou levar para a vida toda”, comemorou Larissa.
“É só pensar que não é ela” 
Com as características semelhantes às de Cirilo da versão original, Jean Paulo Santos é carismático e engraçado. Sobre as cenas fortes em que é humilhado pela personagem Maria Joaquina, o sorridente ator deixou bem claro: “encaro numa boa. É só pensar que não é ela”, afirmou, se referindo à intérprete da menina má, Larissa Manoela.
“No começo das gravações fiquei muito nervoso, mas agora estou preparado e gostando demais de gravar”, afirmou o menino, que vai sofrer poucas e boas na trama e promete arrancar lágrimas dos telespectadores.Carrossel estreia no próximo dia 21, às 20h30, no SBT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário