quinta-feira, 12 de abril de 2012

Direção da Rede Record lamenta morte de Marly Bueno

O seu talento e a qualidade de sua interpretação contribuíram para o sucesso das produções da Record, afirma a nota. Foto: Pedro Paulo Figueiredo/TV Press
“O seu talento e a qualidade de sua interpretação contribuíram para o sucesso das produções da Record”, afirma a nota
A Rede Record emitiu, na tarde desta quinta-feira (12), uma nota de pesar do falecimento de Marly Bueno, que recentemente atuou na emissora, como Ainoã na minissérie Rei Davie no papel de Sônia Meira, na novela Poder Paralelo, de 2009.
“A direção da Rede Record recebeu com pesar a notícia sobre o falecimento da atriz Marly Bueno. O seu talento e a qualidade de sua interpretação contribuíram para o sucesso das produções da Record. Externamos nossa solidariedade à família e aos amigos”, afirma o comunicado.
Marly Bueno morreu na madrugada desta quinta-feira (12), aos 78 anos. Ela estava internada no Hospital Copa D’or, no Rio de Janeiro. O hospital ainda não divulgou a causa da morte.
A atriz foi uma das primeiras mulheres a aparecer na televisão brasileira, ao lado de sua irmã Miriam Simone.
Por mais de 10 anos, Marly foi apresentadora do Miss Brasil. Atuou em muitos filmes, peças de teatro, séries e novelas, como Quatro Por Quatro, Laços de Família, Mulheres Apaixonadas e Páginas da Vida, da TV Globo, e Poder Paralelo na Record.
No cinema, fez o último filme de Oscarito, Entre Mulheres e Espiões. Também esteve escalada para A Mulher InvisívelFica Comigo Esta Noite e Inesquecível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário