terça-feira, 13 de março de 2012

‘Louco por Elas’ explora o mundo feminino pela ótica masculina

Eduardo Moscovis e Deborah Secco posam com Luisa Arraes (esq.) e Laura Barreto (centro). Os quatro formam uma família em 'Louco por Elas'. Foto: TV Globo/Divulgação
Eduardo Moscovis e Deborah Secco posam com Luisa Arraes (esq.) e Laura Barreto (centro). Os quatro formam uma família em ‘Louco por Elas’
A dramaturgia quase sempre prioriza o universo feminino. E Louco por Elas não é diferente. Mas, ao contrário de outras séries recentes da Globo, como Afinal, O Que Querem as Mulheres?As CariocasAs BrasileirasTapas & Beijos, o autor e diretor geral João Falcão se utiliza do ponto de vista masculino para falar delas. Tanto que em seu elenco fixo, o programa conta com cinco nomes, sendo apenas um de homem: o de Eduardo Moscovis. “É uma comédia sobre mulheres, mas através da ótica masculina. Queria algo contemporâneo, que fosse diferente da comédia romântica do casal”, explicou João.
Afastado de compromissos com a TV aberta desde que viveu o mocinho Rafael em Alma Gêmea, em 2005, Eduardo Moscovis foi o escolhido para viver o atrapalhado Léo. Na história, ele é um treinador de um time feminino de futebol de praia que mora com a avó e as duas filhas. Na verdade, Theodora, personagem de Laura Barreto, é sua filha com Giovana, a ex-mulher vivida por Deborah Secco. Já Bárbara, vivida por Luisa Arraes – filha do diretor de núcleo, Guel Arraes -, foi criada por ele desde bem nova, mas é fruto de uma relação anterior de Giovana. A decisão por Moscovis, Falcão assume, não foi à toa. “Além da vontade de trabalharmos juntos há muito tempo, o João sabe que eu tenho uma realidade parecida com a dele. Somos pais de três filhas, vivemos cercados de mulheres. É um universo já conhecido por nós dois”, explicou o ator.
O casal formado por Léo e Giovana lembra muitos já explorados pela TV. Principalmente pela velha e batida fórmula dos mocinhos que se amam, mas parecem não combinar. As filhas moram com ele porque a mãe, cansada da falta de ambição do marido, decide largar o casamento e apostar em sua carreira de jornalista e escritora. E se torna bem-sucedida no ramo dos livros de autoajuda. “Quando li, tomei um susto, porque é uma personagem que nunca fiz, mãe de adolescente. Mas não me restrinjo e é tão raro ter o João Falcão escrevendo para a TV que não tive como pensar em mais nada”, valorizou Deborah Secco, que emendou o trabalho emLouco por Elas com a reta final de gravações de Insensato Coração, onde interpretou a deslumbrada Natalie Lamour.
Inicialmente, a ideia era exibir apenas oito episódios de Louco por Elas. Mas logo que a equipe terminou de gravá-los a emissora encomendou mais seis. Por isso mesmo, por agora, ninguém conta que o trabalho vai acabar depois que esses 14 inicias estiverem prontos. “Eu acho que a gente vai ficar gravando o ano todo, mas com algumas pausas no meio”, supôs Glória Menezes, que parece ser uma das principais surpresas da história. Na pele da tresloucada Violeta, a atriz aposta em um tom de humor que, jura, nunca explorou na TV. Ganha um destaque que lembra um pouco o espaço conquistado por Ítalo Rossi na pele do irreverente seu Ladir, no seriado Toma Lá, Dá Cá, exibido pela Globo entre 2007 e 2009. “João tem um estilo de humor muito peculiar. Talvez o público não conheça esse lado de humor. Eu mesma acho que nunca fiz. A mais sensata e sábia dentro dessa casa é uma menina de 10 anos”, adiantou Glória.
Louco por Elas - Estreia nesta terça-feira (13) às 23h, na Globo.
Quem é quem 
Léo (Eduardo Moscovis) - Técnico de um time de futebol de praia feminino, não tem grandes ambições. Atrai a atenção de muitas mulheres de todas as idades, mas é apaixonado pela ex-mulher Giovana. Mora com a avó Violeta e cria a enteada Bárbara e a filha Theodora.
Giovana (Deborah Secco) - Escritora bem-sucedida de livros de autoajuda, largou Léo por não aguentar mais as diferenças entre eles e sua falta de ambição. Mas vive tendo recaídas. É mãe de Bárbara e Theodora.
Violeta (Glória Menezes) - Age como louca, o que cria uma enorme afinidade com Theodora. É quem tem as atitudes mais insanas da casa.
Bárbara (Luisa Arraes) - Típica adolescente, não conhece o pai biológico e vê Léo como a figura paterna. Por isso, mantém com ele uma relação de amor e ódio. É uma das estrelas do time de futebol de praia que o padrasto treina.
Theodora (Laura Barreto) - Parece a mais madura da família. Fala difícil e sente uma identificação grande com a avó Violeta.
As informações são do Portal Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário