sexta-feira, 2 de março de 2012

Criador de “Chaves” se emociona com evento em sua homenagem

Nesta quarta-feira (29), o ator Roberto Gómez Bolaños, criador e intérprete do “Chaves”, ganhou uma linda homenagem por seus 40 anos de carreira.
O evento aconteceu no Teatro Nacional, na Cidade do México, e reuniu milhares de fãs, amigos e familiares do ator, que ainda recebeu o carinho de parte do elenco do seriado, como Edgar Vivar (Senhor Barriga/Nhonho) e Rubén Aguirre (Professor Girafales), além de Florinda Meza, que é esposa de Chespirito.
Roberto Gómez Bolaños, de 83 anos, chegou ao palco por meio de uma cadeira de rodas uma hora depois do previsto, por conta de seu delicado estado de saúde. Porém, a dificuldade para andar não o impediu de se emocionar com o carinho do público, que o aplaudia de pé.
“Chaves” acompanhou o evento durante apenas duas das mais de seis horas de gravação, acompanhado de um tubo de oxigênio ao lado.
Além de números musicais e esquetes, a festa contou com a apresentação de artistas, como Pandora, OV7, Armando Manzanero e Juan Gabriel. A cantora e atriz mexicana Thalía foi uma das presenças mais requisitadas, cantando e apresentando o evento.
Aconteceram também concursos de imitações e coreografias. Nesta última, o Brasil foi escolhido para receber o prêmio de melhor dança.
A coreografia foi organizada pelo SBT, que promoveu um flashmob no parque do Ibirapuera, em SP, que reuniu cerca de 500 pessoas dançando samba.
Vários países participaram. O México dançou quebradita; a Colômbia, vallenato; Argentina, tango; e os Estados Unidos foram de hip hop.
Jogadores do América do México, clube de futebol que foi citado no filme “El Chanfles”, de Bolaños, também subiram ao palco para homenagear o ator, que recebeu uma camisa com o nome “Chespirito”. Ainda com a presença da equipe, o telão do auditório exibia gols do personagem do longa, e ele avisava: “esses gols fui eu mesmo que fiz”.
Apesar da visita de vários atores de “Chaves”, não aconteceu uma possível reconciliação de Roberto Gómez Bolaños com Carlos Villagrán (Quico) e María Antonieta de las Nieves (Chiquinha).
Os dois já não eram esperados no evento, devido a brigas do passado que o fizeram romper relações com o criador do seriado.
Uma equipe do SBT esteve presente no local, gravando reportagens. Até o momento, não se sabe se a emissora brasileira irá exibir o evento posteriormente, como será feito por outras redes da América Latina e Estados Unidos.
Nas últimas semanas, surgiu a informação de que o canal de Silvio Santos não iria transmitir a festa. O NaTelinha procurou a emissora, que não se pronunciou sobre o assunto.
Na Telinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário